Arquivo da tag: amamentação

Curso Casais Grávidos – 25/03

Mamães e papais, mais um curso CASAIS GRÁVIDOS do Personal Mamãe Bebê chegando por aqui! Sábado, dia 25/03, às 14h, na Academia Malhart (203 Sul).

Aproveite para tirar todas as suas dúvidas sobre amamentação e cuidados com a mama. Vocês não imaginam, mas esse é o assunto que dá mais pano para a manga e gera a maior quantidade de dúvidas nas mamães. É também a maior fonte de frustração…

Então, quer saber tudo sobre isso? Vem para o nosso curso para a aprender com nossa super enfermeira especialista Márcia Madeira e com a nossa acupunturista Michelle Hannesch Acupuntura. Nosso curso tem o apoio da loja MonBaby e custa apenas R$ 50, o casal. Bora?

Inscrições e informações pelo e-mail: personalmamaebebe@gmail.com e telefones/WhatsApp: (61) 98184-0069/98304-818.

 

Anúncios

Cilada mamãe – O que apoia a amamentação não vem em um tubo

PRODUTOS INDUSTRIALIZADOS, MARCAS E LICENCIADORES NÃO APOIAM A AMAMENTAÇÃO.

As agências de marketing formulam suas campanhas baseadas nos desejos, pensamentos, assuntos, medos comuns da maternidade, desde sempre. Pode anotar no seu caderninho, depois da tendência “deixa chorar” e “culpa não”, largamente explorada pela indústria nos últimos 5 anos, a bola da vez é vender coisas em nome do amor, usando vários aspectos da maternidade ativa para passar produto porcaria pela esteira do supermercado e da farmácia. Não tarda muito para as mães amamentadeiras, empoderadas e sei lá mais qual outro rótulo supostamente progressista, começarem a figurar nas campanhas e eventos para vender as mesmas tralhas que antes eram vendidas para o arquétipo da mãezinha-margarina.

As campanhas de publicidade, como sabemos, atuam em várias mídias sendo uma delas a internet.

São grandes eleições com campanhas eleitorais o tempo todo, para ganhar os eu voto. Porque consumir é um ato político. Cada centavo que você gasta é um voto que você dá para o candidato que te representa. Os resultados de nosso consumo são tangíveis tal e qual resultados eleitorais, e moldam nossa cultura, nosso bem estar. Nosso consumo impacta a economia, o bem estar social, o ambiente. Não passamos ilesos, nem individualmente, nem coletivamente, pelas escolhas de consumo que fazemos, para nós e para nossos filhos.

Digite a senha, aperte o verde e pronto: você escolheu seu candidato. As mães blogueiras são os cabos eleitorais dessas campanhas que quase passam desapercebidas em sua importância. Cada vez mais assediadas pelos marketeiros e indústrias, levam brindes, vão à eventos, disseminam o conteúdo produzido por aquele candidato. Muitas vezes são remuneradas por eles. Já está claro que o conteúdo para mães e pais de crianças na internet está contaminado por esses interesses. Nas revistas e nas mídias não convencionais. Tem muita gente votando na indústria, e querendo seu voto.

É EXTREMAMENTE IMPORTANTE FAZER CAMPANHAS PRÓ AMAMENTAÇÃO.

Ponto Pacífico aqui, minha crítica é para campanhas de amamentação com interesses industriais através da manobra do usuário na internet.

De fato, se hoje conseguimos amamentar exclusivamente o pouquinho que conseguimos (54 dias aqui no Brasil) isso se deve ao sucesso das campanhas das últimas três décadas, feitas pelas mãos desse pessoal aí de cima.

Mas quando voltamos os olhares para a internet materna, permeável ao interesse das indústrias, a coisa muda de figura: está cheio de campanha “pró-amamentação” financiada por produtos, licenciadores ricos de publicidade infantil e outras marcas. Essas manifestações requerem um olhar mais atento por parte do leitor.

Simplesmente porque – mesmo que a indústria tenha criado a cultura de que é preciso muita coisa, muito produto, muita tecnologia, muita medicina, muito de tudo, para criar filhos e ano a ano, os consumidores-eleitores do mercado materno-infantil tenham votado por esse tipo de vida – está mais do que provado que amamentar não requer esse tipo de recurso. O voto para esse candidato não garante a promessa de campanha: “defender a amamentação”.

Esse tipo de campanha quer ser descolada. Quer estar do lado “bom” da força. Quer ter aderência com esse novo nicho, mães com menor teor de margarina. Quer emplacar a ideia (falsa) de que está ali para disseminar o amor.

Amor, filhos, parto, saúde, amamentação, criação, educação e tantos outros valores e práticas da vida humana NÃO PERTENCEM À INDÚSTRIA. São nossos.

Um caso de campanha-apropriação é a pomadinha de lanolina.

2

Pode ter certeza, que individualmente uma pomadinha de Lanolina salvou a amamentação de alguém. (Alguém que para começar, tinha cinqüenta pilas para gastar num tubo de poucas gramas). Nesse ponto não estou questionando a eficácia do produto – faço isso em dois parágrafos. O que quero pontuar é que há mais rachaduras e desmame precoce entre as histórias individuais e nossas atitudes coletivas do que sonha nossa vã filosofia.

Coletivamente, o que precisamos fomentar do ponto de vista da amamentação é o que indústria nenhuma tem interesse em apoiar. Porque os levaria à falência! Encaremos: amamentar é (também) cultura. Defender a cultura da amamentação é defender que – com apoio humano, profissionais especializados, políticas públicas eficientes e proteção social – todas as mulheres podem amamentar. Sem aparatos. Sem medo. Sem dor. Sem dependência. Sem apetrecho.

Em quem você vota? No candidato que diz que você precisa dele para aleitar seu filho? Que manipula as informações para parecer legal, mas na verdade só quer vender mais?

(Por favor, não fique parado aqui pensando que a prima da vizinha realmente não tinha leite para descredibilizar o argumento. Existem sim casos RAROS em que a amamentação não é possível. Para todos os outros, o que as mulheres não tem é apoio humano especializado. Enquanto contam com excesso de apoio industrial interessado no desmame. Do ponto de vista coletivo, precisamos sanar as causas de desmame que atingem mulheres, a maioria, plenamente capazes de amamentar. Do ponto de vista fisiológico, social e cultural).

personal-mamae-bebe
Nossa Personal Mamãe Bebê, enfermeira Márcia Madeira, ajudando uma mãe a se empoderar de seu incrível poder de amamentar.

Da eficácia da pomada: nenhum coletivo de valor humano com embasamentos científico recomenda o uso pró-forma de NENHUM apetrecho para amamentação. Nem pomada. Nem bico. Nem nada. A pomada, em si, pode causar o efeito oposto no processo de amamentação. Ela pode prejudicar a pega, escorregar a boca do bebê e causar hipersensibilidade nos mamilos. No entanto, o uso da pomada pode ser uma solução para alguns casos de dificuldade com rachaduras e fissuras. Impeditivos esses causados pela pega ruim. PEGA RUIM. Pelo profissional não especializado, pela falta de orientação adequada, pela ausência da cultura da amamentação: são poucas as mulheres que podem passar experiência para as próximas gerações de mães, como acontecia com nossas avós.

Vale lembrar ainda que rachaduras e fissuras podem ser curadas com aplicação tópica do próprio leite materno. E sol. De graça. Que cai do céu. E ninguém faz marketing para ele.

seio-sol

 

As indústrias estão apenas tirando vantagem do que não lhes pertence: nosso leite, nossos peitos, nossos filhos.
Um sucesso para a agência de marketing, para o licenciador que diz apoiar a amamentação hoje, e amanhã marketeia chupeta e mamadeira para o bebê e macarrão pré frito para a criança. Nenhuma vantagem para quem amamenta. Um equívoco absoluto para o lactivismo de forma geral: uma vez que é inaceitável a ideia de que precisamos de coisas para amamentar.

Para amamentar precisamos de pessoas que amamentam. Pessoas preparadas para transferir conhecimento. Políticas públicas que favoreçam a amamentação e DISTÂNCIA da indústria e seus recursos mercadológicos.

Postagem original: Mamatraca (com adaptações)

Fotos do Curso de Shantala – 19/11/2016

Para as famílias que participaram do nosso curso Casais Grávidos, com a enfermeira especialista Márcia Madeira, realizado no dia 19/11, na Academia Malhart, publicamos as fotos desse momento tão rico de experiências e trocas de aprendizados.

O tema foi fisioterapia para o parto, amamentação parte I e cuidados com a mamãe e o bebê.

Nosso curso teve o apoio de Michelle Hannesch Acupuntura, Fisio&Pelve e Naik Fotografia.

 

 

Curso Casais Grávidos – 03/12

Nova turma do curso Casais Grávidos Personal Mamãe Bebê!

Sábado, dia 03/12, às 9h, na Academia Malhart (SCLS 203, Bloco A, Loja 05). Venha aprender técnicas de amamentação e os cuidados com a mamãe e o bebê.

Traga o papai junto! Ou então a vovó, a titia, a prima, a irmã… Aqui todos são bem-vindos!

O curso é ministrado pela enfermeira especialista Márcia Madeira e pela acupunturista Michelle Hannesch.

As inscrições custam apenas R$ 50, o casal e podem ser feitas pelo e-mail ou telefones/whatsapp: personalmamaebebe@gmail.com ou (61) 98184-0069/98304-8181.

casais-gravidos-03dez

 

Mães de Peito – Doação de Leite

Mamães, precisamos falar de um assunto muito importante! Você já pensou em doar seu leite para outras crianças que precisam?

A doação de leite materno salva a vida de milhares de crianças prematuras no Brasil. Toda mulher que amamenta é uma possível doadora de leite humano. Basta ser saudável e não tomar medicamento que interfira na amamentação e na doação. Confira as instruções para a coleta, entre em contato com o banco de leite humano mais próximo e seja uma doadora. Seu gesto pode fazer a diferença na vida de muitas crianças.

Para saber como fazer para doar leite materno, confira aqui as informações do Ministério da Saúde.

E agora, o Personal Mamãe Bebê presta uma homenagem às mamães-clientes que se tornaram doadoras de leite materno!

Nova palestra no Brasília Shopping

Mamães! Palestra gratuita no Brasília Shopping esse sábado, 11/06, às 10h. Vamos falar sobre um tema que sempre é fonte de dúvidas de muitas mães: Amamentação e Cuidados com a Mama. Participem!

Realização: Personal Mamãe Bebê, Michelle Hannesch Acupuntura e Brasília Shopping.

Cartaz-BSB-Shopping_11062016_003

 

Dicas para amamentação

Um dos maiores temores e também desejos das mamães é amamentar a cria.  Há muito mito cercando esse tema. Por isso, o Personal Mamãe Bebê traz algumas dicas para as mamães.

Já é de conhecimento público os benefícios da amamentação para a saúde dos bebês e também das mamães. Mas mesmo sendo um sonho, nem sempre é tarefa fácil. Uma boa parcela das mães sente desconforto, dor, algumas chegando até a desistir de seguir em frente com a amamentação.

Mas quase sempre que há dor, a amamentação está sendo feita de forma errada. Apenas uma análise de uma consultora em amamentação pode dizer o que pode ser corrigido, mas o Personal Mamãe Bebê dá algumas dicas que podem ajudar na preparação para o aleitamento ainda na gestação.

Conheça o seu corpo

Muitas mulheres acabam deixando de amamentar por terem os mamilos planos ou invertidos. Saiba que com as orientações corretas, é possível que até mesmo essas mulheres amamentem normalmente. Identificar o tipo do mamilo ainda na fase pré-natal é o ideal, pois assim o médico obstetra poderá auxiliar a futura mamãe da melhor maneira. Os bancos de leite público também são ótimos lugares para conseguir orientação. Cursos de gestantes também são ótimas opções. O Personal Mamãe Bebê realiza cursos periodicamente. Veja nosso calendário aqui.

Banho de sol

Tomar sol nos mamilos colabora para melhorar a amamentação. O calor da luz do sol deixa os mamilos mais resistentes, prevenindo assim as rachaduras. Mas não é preciso torrar no sol! A recomendação é tomar cerca de 30 minutos de sol por dia. Antes das 10h da manhã, ou depois das 16h da tarde. Isso porque o seio precisa ficar exposto ao sol, sem o uso de protetor solar.

Pega correta

No momento da amamentação, aumentam as chances de machucados e rachaduras nos seios. Por isso, é fundamental perceber se o bebê está realizando a pega correta. Ele deve abocanhar quase toda a auréola e não apenas o mamilo. É necessário que a mãe fique atenta nas mamadas. Se o bebê pegar o seio errado, é só inserir o dedo mínimo junto da boquinha para que ele solte o seio sem machucar ou fazer pressão. Daí recoloque-o novamente da forma correta.

Esperamos que vocês se preparem bem para receber o bebê e realizar o milagre divino da amamentação!

Dúvidas? Envie para a gente! personalmamaebebe@gmail.com

Eu tento amamentar, mas parece que não está dando certo…

Quantas vezes você ouviu ou até mesmo pronunciou essa frase?

A idealização em torno da amamentação ronda os pensamentos de grande parte das mulheres que vão se tornar mães ou das mães de recém-nascidos. Isso porque no mundo perfeito, elas foram ensinadas a pensar que amamentar é algo fácil quando dá certo. Mas se aparecem problemas no meio deste caminho é porque a amamentação está dando errado e, nessa hora, entra em cena o salvador leite artificial (LA)! E o pior, tudo receitados pelos médicos e outras mães, e incentivado pela publicidade.

Ele deixa culpa e frustração, todas as mães que recorrem a ele dão esse depoimento, mas é o que existe, não é? NÃO, mamãe! Não é!

O Personal Mamãe Bebê SEMPRE vai incentivar mulheres a se conhecerem melhor, a buscar informação, incentivo e apoio. É a disseminação da informação que faz o mundo girar! E se você não teve a chance no primeiro filho, quem sabe no próximo? Quem sabe possa ajudar uma vizinha, uma amiga, uma prima, que estão passando pelo mesmo problema? Os grupos maternos servem para desmistificar muita coisa boba e sem fundamento que se vê por aí. Existem inúmeras maneiras de fazer dar certo a amamentação. Peça ajuda!

O universo coletivo das mulheres carrega crenças das mais absurdas, passadas de geração em geração por bisavós, avós, mães e por aí vai. Mas existem técnicas comprovadas que fazem um processo delicado de amamentação dar certo.

E os médicos? Muitos receitam o LA ao primeiro sinal de problema! Saiba que você não precisa escolher o caminho mais fácil. Apesar de não entender porque eles chamam de “caminho mais fácil”, quando o mais fácil mesmo é colocar o moleque no peito e dar de mamar em qualquer hora ou lugar, sem ter que preparar a mamadeira, esquentar o leite, lavar e esterilizar o material… Ai, já deu preguiça! rs

Pergunte, faça um exercício de autorreflexão: quando você fala que já tentou de tudo, você já tentou de tudo mesmo?

E não estamos falando das mágicas e milagrosas receitas da vovó, da comida disso, de remédios, de tomar cerveja preta ou sei lá o que mais existe de crença por aí. Estamos falando de buscar ajuda com uma consultora EXPERIENTE que vá em casa, ir você ao banco de leite público mais próximo da sua residência, falar com o pediatra que você QUER amamentar (e se ele se negar, troque de médico – eles não são deuses!). Isso é tentar tudo. Ir buscar até onde for a orientação e a ajuda necessárias para conseguir o sucesso na amamentação. Mas saber, sim, que o peito pode rachar, sangrar, você vai ficar exausta, sem dormir, mas seguir em frente, pois, com a informação correta e a ajuda necessária, o peito para de rachar, o sangue para de escorrer, a pega do bebê fica perfeita, você aprende a ordenhar para facilitar e não deixar o peito encher demais e no final, teremos uma mamãe feliz e empoderada e um bebê saudável e crescendo com o melhor alimento que o mundo pode oferecer a ele – o seu leite, mãemífera poderosa!

amamentação_mamatraca

No início, não há romance. O caos se instaura na vida de todas as mães de recém-nascidos. E é isso mesmo! Mas porque as mulheres tem o segundo filho, o terceiro? Porque foi fácil? Porque se esqueceram? Não! Elas tem porque depois que os momentos iniciais passam e toda a nova rotina se estabelece, o que fica marcado são os sorrisos do bebê, a paz que sentimos ao olhar nosso filho dormir, a felicidade de acompanhar cada evolução e descoberta dele… Essa é a realidade da maternidade!

E você só consegue combater o “não vai dar certo” com INFORMAÇÃO! Aí sim, depois de tudo, pode não dar certo. Isso também acontece. Mas depois de aprender a forma certa de fazer isso, você pode se tornar uma multiplicadora de conhecimento. Olha que coisa bonita! Pode ajudar outra mãe que não conseguiu encontrar essa informação.

O importante é você saber que SIM, existe solução para quase todos os problemas relacionados à amamentação. Bico invertido, translactação, leite empedrado, leite secando, peito rachado, mastite, peito pequeno, peito grande… Existe solução.  Procure ajuda!

 

 

Curso Casais Grávidos – 05/03

Novo curso Casais Grávidos Personal Mamãe Bebê no dia 05 de março.

Para as mamães e casais grávidos, mas serão bem vindos  também vovó e vovô, titia e titio, madrinha e padrinho, casais que estão tentando engravidar e famílias que estão na fila da adoção. É uma maneira de se familiarizar com a nova situação, pegar dicas, truques e tirar dúvidas referentes a esse momento tão maravilhoso no qual, a chegada de uma criança muda totalmente a rotina da família.

curso-casais-gravidos-05.03

Conteúdo do curso do dia 05/03: Orientação nutricional, amamentação parte II, cuidados com a mamãe e o bebê.

O casal ou gestante que participar de 6 encontros ao final receberá um certificado. O valor com desconto para quem fechar o pacote trimestral é R$ 200,00, por casal. Para participar de apenas uma aula, o custo é de R$ 40,00, o casal.

Veja aqui todas as datas e a programação completa do nosso curso.

Participe! Trocar informações com que está passando pelo mesmo momento que você é super importante. E aprender dicas boas com quem sabe, mais ainda!

Nosso curso é ministrado pela enfermeira obstetra e especialista em saúde da família, Márcia Madeira, idealizadora do Personal Mamãe Bebê.

Credenciais: Márcia é Enfermeira Obstetra e Neonatologista. Possui graduação em Enfermagem Obstétrica, Neonatologia e Saúde da Família. Consultora em Amamentação, com formação no Processo e Controle de Qualidade de Leite Humano Ordenhado, professora na Capacitação de Profissionais da área da Saúde no Método Canguru/ AIDPI ( Atenção Integrada às Doenças Prevalentes na Infância), Coordenadora do Projeto Amiga da Amamentação, no Ministério do Planejamento e Consultora do Sono do Bebê pela International Maternity Institute.

Veja como foi a palestra no Brasília Shopping

O Personal Mamãe Bebê e Michelle Hannesch Acupuntura estão imensamente agradecidos pela participação de todos os casais que estiveram presentes na palestra AMAMENTANDO O BEBÊ QUE VIVERÁ 100 ANOS, no Teatro do Brasília Shopping, no dia 14/11.

Reconhecemos o empenho da equipe de funcionários do Brasília Shopping que nos acolheu com muito carinho e acreditou no sucesso deste projeto. Agradecemos também aos lojistas que abrilhantaram a parceria com brindes e presentes.
ESTAÇÃO DA CRIANÇA, ANY ANY, BIBI, TIP TOP, HARRY’S BRINQUEDOS, L’OCCITANE e MA DOUCE ENFANT.
Obrigada e até a próxima.